Fique por dentro

Siga nosso Twitter

Acesse nosso canal

Junte-se a nós no Facebook

CI premia governadores em jantar com Harrison Ford

A homenagem aconteceu durante evento em São Paulo que contou com a presença do ator Harrison Ford, do cantor Gilberto Gil e dos empresários Rob Walton (CEO do Walmart) e Andre Esteves (CEO do banco BTG-Pactual)

Brasília, 22 de fevereiro de 2013

Pela primeira vez, dois políticos brasileiros receberam o prêmio “Global Conservation Hero” (em português, Herói da Conservação Global), da organização não-governamental Conservação Internacional. Os escolhidos foram o governador do Amapá, Camilo Capiberibe, e o senador e ex-governador do Amazonas, Eduardo Braga.

A cerimônia aconteceu na noite do dia 20 de fevereiro em São Paulo (SP) durante jantar oferecido pela Conservação Internacional (CI-Brasil) em homenagem ao Conselho de Administração da ONG. O evento reuniu importantes personalidades, como o músico Gilberto Gil, o presidente do banco BTG-Pactual, Andre Estevez, e o CEO do Walmart, Rob Walton. 
O jantar contou também com a presença de Harrison Ford, que é membro do conselho da CI há mais de 20 anos. Durante o jantar, ele afirmou: Eu tenho tido o privilégio de servir o conselho da Conservação Internacional por mais de 20 anos. Eu me juntei à organização devido a uma simples e clara convicção: “A natureza não precisa das pessoas. As pessoas que precisam da natureza”.
Sobre a importância da conservação no Brasil, Harrison Ford afirmou: “O país é emblemático de como o trabalho da Conservação Internacional é importante e como podemos obter sucesso na nossa causa. Da Mata Atlântica, que fornece água para as maiores cidades do país, como Rio e São Paulo, até a magnífica floresta amazônica, que é fundamental para equilibrar o clima de todo o planeta, em nenhum outro país do mundo é mais evidente como a humanidade depende da natureza para sobreviver. Nossa saúde, nossa segurança alimentar, nossas economias, nosso bem-estar mais básico é dependente dos serviços que a natureza nos dá.”
Veja vídeo que Harrison Ford fez para a Conservação Internacional
http://www.conservation.org/fmg/pages/videoplayer.aspx?videoid=30
Global Conservation Hero
O “Global Conservation Hero” destaca pessoas cuja liderança foi fundamental na criação e implementação de áreas protegidas, bem como de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável. Em edições anteriores do prêmio, já foram contemplados o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e o produtor de cinema Jeffrey Katzenberg, dos estúdios Dreamworks.
O senador Eduardo Braga, que governou o Amazonas de 2002 a 2010, criou programas que tiveram grande impacto para a população do estado. Em seu governo, o estado ampliou a rede de Unidades  de Conservação (UC) de 12 para 41, aumentando de 7 para 19 milhões de hectares, além de instituir o Sistema Estadual de Unidades de Conservação (SEUC), com diversos avanços importantes em relação ao do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC).
Outra política pública de destaque foi a criação da Zona Franca Verde e o Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus, o Prosamim, responsável pela maior transformação urbanística da capital nos últimos 50 anos. Como incentivo para a manutenção da floresta em pé e redução do desmatamento, Braga criou o Programa Bolsa Floresta (PBF). Trata-se do primeiro projeto do Brasil certificado internacionalmente para recompensar e melhorar a qualidade de vida das populações tradicionais pela manutenção dos serviços ambientais prestados pelas florestas tropicais. Atualmente o PBF é o maior programa de Pagamento por Serviços Ambientais do mundo – com 8,4 mil famílias atendidas em 15 UCs, uma área que totaliza 10 milhões de hectares.
Além disso, durante seu governo foi promulgada a primeira Lei Estadual de Mudanças Climáticas do Brasil, em 2007. Dentre os avanços dessa lei, cabe destacar o desenvolvimento de mecanismos REDD+ (Redução de Emissões por Mudanças Climáticas e Degradação, mais Enriquecimento, Manejo e Conservação Florestal).
O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, pertence à nova geração de políticos brasileiros que vêem a conservação e o desenvolvimento como questões inseparáveis. O Amapá tem 73% de suas terras protegidas, um recorde mundial. O estado tem uma longa história de promover o desenvolvimento sustentável, que começou com o senador João Capiberibe e que agora está sendo realizado por seu filho, o governador Camilo. “Há 17 anos, quando pouco se falava sustentabilidade, o então governador e hoje senador João Alberto Capiberibe lançou o Plano de Desenvolvimento Sustentável do Amapá. Agora, recebendo este prêmio, reforço ainda mais a convicção de que estamos no caminho certo, construindo a consciência de que é preciso oferecer oportunidade de riqueza para o povo urbano e para quem vive nas florestas, mas com total equilíbrio, para garantir o futuro de todos”, declarou o governador Camilo Capiberibe.
Centro de Sustentabilidade das Américas
Andre Esteves, do banco BTG-Pactual, também membro do Conselho da Conservação Internacional, lançou durante o jantar o Centro de Sustentabilidade das Américas, replicará as experiências de sucesso no Brasil em países vizinhos, como Peru, Bolívia, Equador e Guiana. “O centro pode definir os caminhos que vamos seguir para o desenvolvimento sustentável, envolvendo a iniciativa privada, engajando as empresas para que elas mudem sua cadeia de produção para modelos mais sustentáveis. Se conseguimos levar essa transformação do Brasil para a América Latina e depois para o mundo, poderemos atingir em escala global um novo modelo de desenvolvimento”, concluiu.
Fabio Scarano, vice-presidente sênior da Divisão Américas da CI, completou: “Com uma forte base científica, nós estamos estabelecendo um diálogo entre diferentes setores. O Centro de Sustentabilidade das Américas irá buscar na ciência formas de enfrentar os maiores desafios para a região da América Latina, cujo desenvolvimento vai requerer investimentos em hidrelétricas, agricultura, rodovias, que terão um impacto tremendo no meio ambiente, e precisarão de políticas públicas regionais para estabelecer um modelo de desenvolvimento sustentável, conciliando conservação e crescimento econômico”.
O CEO da Conservação Internacional, Peter Seligmann, fechou o evento declarando:
“Nós consideramos o Brasil e o continente americano como nossa prioridade global. Essa região é a maior produtora de água doce do mundo. Mais da metade de todas as florestas tropicais do planeta estão aqui. E as economias da região estão passando por um momento incrível de crescimento. Esse é o lugar para mostrar ao mundo que é possível fazer a coisa certa, que desenvolvimento não significa destruição do incrível capital natural contido nesta região.”
Veja mais vídeos da Conservação Internacional Brasil
http://www.youtube.com/cibrasil
Siga-nos no Twitter: @CIBrasil
Facebook: Conservação Internacional CI-Brasil
Mais informações com a imprensa
Gabriela Michelotti – gmichelotti@conservation.org
+55 31 8407 7125

Rua Tenente Renato César, 78 – Cidade Jardim – CEP 30380-110

Belo Horizonte – MG – Brasil – Tel.: [31] 3261.3889

©2003 Conservation International do Brasil / Aviso Legal / Política de Privacidade